Ondas gravitacionais

LIGO quer dizer Laser Interferometer Gravitational-wave Observatory, que em livre tradução seria Observatório de ondas gravitacionais por interferometria a laser. Sua missão: detectar distorções no próprio espaço-tempo que o contém (e contém a todos!). Essas distorções são chamadas de “ondas gravitacionais” e, após mais de uma década de buscas, elas finalmente foram encontradas! Gerido por […]

O dia que não existiu

De todas as curiosidades que podemos relacionar ao dia de hoje (sejam elas o nascimento do astrônomo americano Neil de Grasse Tyson, a estréia mundial do primeiro filme de James Bond ou a promulgação de nossa constituição federal), talvez a mais inusitada de todas remonte ao distante ano de 1582. O que aconteceu naquele dia […]

O Marciano

Estreou ontem nos cinemas brasileiros o filme “Perdido em Marte” (“The Martian”, 2015, de Ridley Scott). Estrelado por Matt Damon e ambientado, obviamente, no Planeta Vermelho, o filme é muito bom. Simples assim! Mas ele é cientificamente correto? Incrivelmente, sim! Digo “incrivelmente” porque a última fanfarra que tivemos no cinema que se vendia como um filme altamente científico (sim, […]

O que é um planeta?

Em 2006, a União Astronômica Internacional (IAU, na sigla em inglês) definiu uma série de critérios para classificar um objeto como “planeta”. Apesar de já terem se passado quase 10 anos desta decisão, ainda há muita polêmica sobre o assunto. Eis os critérios: 1. O objeto deve orbitar o Sol; 2. O objeto deve ter […]

“Pedra que Rola não Cria Limo”

  O ditado popular que dá título a este post causou uma certa polêmica aqui na “redação” (“redação”, no caso, é a Diretoria de Astronomia e Cultura do Planetário). Sempre o entendi como um conselho para alguém “se mexer”, “ir à luta”. Algo como: “se você ficar aí parado, vai criar limo, vai estagnar…”   […]