Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

Viva o besouro!

Outro dia estava assistindo a uma notícia em algum jornal televisivo e a imagem me impressionou. A tela cheia mostrava uma floresta de coníferas (já não saberia dizer onde, mas provavelmente no Canadá) sendo devorada por uma praga de besouros.

O motivo da praga era, como não poderia deixar de ser, o vilão da vez: o aquecimento global. Dizia a notícia que a elevação da temperatura em menos de um grau centígrado foi suficiente para criar condições mais propícias para a reprodução do besouro. Resultado: uma praga que está devorando as florestas do Canadá.

Pobres coníferas… sofrem muito com o aquecimento global. Mas alguém perguntou para os besouros o que eles acham disso?!?