Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

Observação de Asteroides por Astrônomos Amadores

Fazer astronomia observacional não é privilégio dos astrônomos profissionais e dos grandes observatórios. Hoje em dia já é possível contribuir para o conhecimento do espaço sem possuir caríssimos instrumentos profissionais. 

Os amadores podem contribuir bastante por serem muitos e de vários lugares.  Somando as contribuições individuais somam muitos dados úteis aos observatórios profissionais.

A NASA e Universidade do Arizona estão projetando uma sonda espacial, a OSIRIS-REx, que visitará um asteroide próximo a Terra. A ideia é estudar detalhadamente e trazer amostras. A equipe do projeto lançou recentemente um chamado aos astrônomos amadores para colaborar com dados observacionais a partir de uma lista de asteroides interessantes ao projeto.

Um amador mais dedicado pode usar um instrumento comercial. Um telescópio refletor com no mínimo 20 cm de abertura, dotado de sistema de acompanhamento elétrico é recomendável. Mas não se faz este tipo de observação visualmente, é preciso uma câmera eletrônica, do tipo CCD, especifica para astronomia. Os dados registrados pela CCD podem ser processados em um computador pessoal com programas de aquisição de dados (alguns deles são gratuitos ou bem baratos). De posse destes recursos e contando com tempo disponível, é possível fazer um trabalho muito bom de detecção e acompanhamento de asteroides. A observação metódica e algum conhecimento do processamento de dados são fundamentais.

Para nós brasileiros câmeras CCD e telescópios de grande abertura ainda não são fáceis de conseguir: sai caro importá-los. Mas existem hobbies bem mais caros, não é?  Apesar disso, já há alguns amadores em nosso país bem equipados e ativos nesta área fascinante.

Mais detalhes visite o site: http://osiris-rex.lpl.arizona.edu/targetasteroids.html