Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

Viver no espaço não é moleza!

 

Você já se imaginou viver vários dias a cerca de 400km acima da superfície terrestre? Sem poder dar uma voltinha, por mais breve que seja, a não ser que esteja vestindo uma roupa especial? E para dormir, ir ao banheiro, ou até mesmo comer? Uma dificuldade só!

 

Pois é. Assim é a vida de um astronauta da Estação Espacial Internacional (ISS). Ela sempre recebe astronautas que se revezam para deixá-la em condições de abrigar a vida. Também fazem diversos experimentos, montam na estação novos equipamentos de observação e segurança, ou seja, eles têm muito trabalho.

 

Agora pense se ao sair da estação com um traje refrigerado a água e você correr o risco de se afogar nessa água. Pois isso quase aconteceu com o italiano Luca Parmitano, quando seu capacete ficou inundado por água. Ele quase se afogou. A partir deste evento, foram suspensas as “saidinhas” da estação.

 

Agora os astronautas construíram um equipamento de segurança parecido com um snorkel – aquele cano que as pessoas usam quando mergulham sem tubos de oxigênio. Eles fizeram isso utilizando os tubos de ventilação da própria estação espacial. É um quebra galho, mas garantirá a segurança dos astronautas até a próxima missão que também consertará um dos sistemas de refrigeração da ISS.

 

Como você pode ver, não é fácil a vida dos astronautas. Muito trabalho e surpresas de vez em quando. Mas sempre se dá um jeito, e olhe que nem tem brasileiro lá!