Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

Pontos Cardeais

Da série “Tolerância Zero”…

Leio, em uma grande revista semanal, que o serviço do GoogleMaps que disponibiliza fotos das ruas de algumas cidades já está funcionando no Brasil. Na reportagem, é explicado como funciona a captura das imagens. Ali é dito que um carro possui nove câmeras; uma está voltada para o alto e as outras oito, uma para cada ponto cardeal.

Oito pontos cardeais? Como assim?

Há apenas quatro pontos cardeais! Norte, sul, leste e oeste. Entre o norte e o leste, temos o nordeste. Mas o nordeste não é um ponto cardeal. É um ponto colateral. Assim como são pontos colaterais o sudeste, o sudoeste e o noroeste.

Será que era isso que a reportagem queria dizer? Que as oito câmeras apontam para os pontos cardeais e colaterais? Ou será que cada ponto cardeal tem duas câmeras apontadas para si, permitindo a captura de imagens estereoscópicas para a visualização tridimensional? Não sei…

Em tempo: cardeal vem de “coração”, em reconhecimento à importância desses pontos que, no melhor clima “tolerância zero”, não são pontos coisa nenhuma, e sim direções! Mas isso já é outro papo…