Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência

O dia 11 de fevereiro é o Dia Internacional das mulheres e meninas na Ciência,   instituído em 2015 pela UNESCO e pela ONU-Mulheres para promover o acesso igualitário e participação na Ciência para meninas e mulheres. O tema deste ano é “Investimento em Mulheres e Meninas na Ciência para um Crescimento “Verde” inclusivo.” A sub-representação das meninas na educação em ciência, tecnologia, engenharia e matemática tem raízes profundas e coloca um freio prejudicial no avanço rumo ao desenvolvimento sustentável. Para estas áreas do conhecimento, muitas vezes se utiliza a sigla em inglês STEM (science, technology, engineering and mathematics).

Apenas 20 mulheres receberam o Prêmio Nobel em fisica, química ou medicina desde Marie Curie, em 1903, em comparação a 587 homens. Hoje, menos de 30% dos pesquisadores de todo o mundo são mulheres. Essas enormes disparidades, essa profunda desigualdade, não acontecem por acaso. Segundo o relatório “Decifrar o código: educação de meninas e mulheres em ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM)”, publicado pela UNESCO no ano passado, muitas meninas são impedidas de se desenvolver por conta da discriminação, pelos diversos vieses e por normas e expectativas sociais que influenciam a qualidade da educação que elas recebem, bem como os assuntos que elas estudam.

A Astronauta da NASA Anne McClain, atualmente em missão na Estação Espacial Internacional, com seu filho de quatro anos em sessão de fotos oficial.

 

Em uma união de esforços com a UNESCO, a União Astronômica Internacional   promoverá diversas ações em vários países ao longo do ano, dentro do projeto “Mulheres e  Meninas na Astronomia”, como parte das atividades que serão promovidas para a comemoração do “IAU100 – Under One Sky” (Centésimo aniversário da União Astronômica Internacional).

De acordo com os dados mais recentes disponíveis pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em termos de representatividade, a SAB é uma das sociedades científicas brasileiras com a melhor divisão por gênero, apesar de ainda estarmos longe do ideal. Na categoria de sócios aspirantes, as mulheres representam 37% dos associados. Como é frequentemente observado, a porcentagem cai em níveis mais altos e na categoria de sócios efetivos, as mulheres representam 29% dos associados. A SAB tem trabalhado constantemente para que esses números se tornem cada vez mais equilibrados.

A Fundação Planetário, dentro de sua missão de contribuir para a educação não-formal e divulgação da astronomia no Brasil, promove regularmente atividades gratuitas e abertas ao público, que podem inspirar as meninas a se encantarem pelo céu. Todas as quartas-feiras e sábados, ao anoitecer, nossos telescópios estão apontados para os mais belos astros visíveis, esperando olhinhos curiosos. Traga sua menina para observar o céu com a gente! O sorriso no rosto ao final é garantia do Planetário!

OBS.: A atividade de observação do céu depende das condições meteorológicas. Em caso de céu nublado, a observação é cancelada.