A Relatividade e o Espaço

Quando falamos sobre o tempo, vimos que quando a velocidade relativa entre dois sistemas de referência (digamos, um sistema terrestre e um sistema em um foguete) é muito grande, devemos relacioná-los através de um conjunto de equações conhecido como transformações de Lorentz.

Se considerarmos uma velocidade relativa , paralela ao eixo , teremos:

A equação do tempo nos mostrou que relógios em movimento medem o tempo mais lentamente do que relógios em repouso. A transformação para a coordenada espacial, veremos, nos diz que o espaço se contrai na direção do movimento.

Imaginemos uma régua de um metro, que será acelerada até atingir metade da velocidade da luz. Quem estiver em movimento com ela obviamente a verá parada:

Mas quem estiver parado, medirá:

Mas uma medição de um certo comprimento deve ser feita simultaneamente em ambos os lados. Portanto e

Substituindo os valores, teremos:

Quem estiver parado, vai medir o comprimento da régua de um metro como sendo de apenas 87 centímetros.

Published by Alexandre Cherman

Alexandre Cherman é astrônomo, doutor em Física e atualmente ocupa o cargo de Diretor de Astronomia.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *