Usamos cookies em nosso site para lhe dar a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e repetindo visitas. Ao clicar em "Aceitar tudo", você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.

Visão geral da privacidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site. Destes, os cookies categorizados conforme necessário são armazenados no seu navegador, pois são essenciais para o funcionamento das funcionalidades básicas do site. T...

Sempre ativado

Os cookies necessários são absolutamente essenciais para que o site funcione corretamente. Esta categoria inclui apenas cookies que garantem funcionalidades básicas e recursos de segurança do site. Esses cookies não armazenam nenhuma informação pessoal.

Quaisquer cookies que podem não ser particularmente necessários para o funcionamento do site e são usados especificamente para coletar dados pessoais do usuário através de análises, anúncios, outros conteúdos incorporados são denominados como cookies não necessários. É obrigatório obter o consentimento do usuário antes de executar esses cookies em seu site.

RETROSPECTIVA 2012 – Os Cinco Eventos Mais Relevantes na Astronomia

RETROSPECTIVA 2012 – Os Cinco Eventos Mais Relevantes na Astronomia.

Acionados pela nossa Assessoria de Comunicação Social, fomos instados a produzir uma lista, um “Top 5”, de eventos astronômicos do ano que passou. A Diretoria de Astronomia e Cultura, através de sua Gerência de Astronomia, elaborou uma lista que foi à votação, entre os astrônomos e demais funcionários da DAC. Ao longo desta semana, nossos leitores acompanharão aqui o resultado.

Vejam o que o astrônomo Luís Guilherme Haun tem a dizer sobre o nosso quinto colocado…


À espera do próximo “fim do mundo”!

Por Luís Guilherme Haun – Astrônomo da Fundação Planetário
21/1/2013

E o “fim do mundo” não aconteceu! UFA! Brincadeira à parte, já sabíamos que isso não iria acontecer. Apesar do grande estardalhaço sobre o tema (provocado por alarmistas de plantão), não existia nenhuma base científica que pudesse confirmar tal evento.

Vários foram os presságios divulgados tentando aterrorizar os menos esclarecidos, mas todos foram cientificamente refutados.

 

Um ciclo do calendário maia terminou em 21 de dezembro de 2012, mas o mundo para eles acabou bem antes, tendo a sua decadência se iniciado no século IX. O que se sabe é que seu calendário falava do fim de uma era, como os nossos anos terminam sempre em 31 de dezembro e um novo ano começa.

 

Outros falavam que o mundo acabaria com uma “trombada” cósmica. Um asteroide poderia se chocar com a Terra. Mas onde estava este astro? Seria o Apophis ou o Nibiru? Nenhum astro conhecido com poder de destruição, parcial ou global, se chocará com a Terra nas próximas décadas, pelo menos.

 

As tempestades solares também foram cogitadas para a destruição do mundo. O Sol passa por um ciclo de atividades com um máximo a cada 11 anos, aproximadamente. Isso ocorre a bilhões de anos e vai continuar por outros tantos. Satélites e transmissões de energia em solo podem ser afetados, mas só isso. Nossa atmosfera nos protege bem deste fenômeno.

 

Outros eventos como tsunamis, terremotos e o aquecimento global, por exemplo, seriam outras explicações para a nossa destruição. É claro que estes fenômenos ocorrem e continuarão a ocorrer extinguindo muitas vidas, infelizmente. Mas isso não é o fim do mundo, principalmente quando nos referimos ao fim da Terra.

 

O fim do mundo virá, é fato, mas não antes de milhões ou bilhões de anos. Vamos ouvir muito, ainda, sobre novas profecias e previsões catastróficas. Mas não se preocupem. A Terra continuará sua jornada pelo espaço e, nós, humanos, vamos juntos com ela. Procurem viver a vida da melhor maneira possível. E feliz ano de 2013, 2014…!